segunda-feira, 28 de junho de 2010

'Bora lá ao Buala!

Já andava há uns tempos para vos sugerir uma visita ao Buala - cultura contemporânea africana, um site que num par de meses já juntou muitas e boas razões de interesse para quem tenha curiosidade (ou mais do que isso) por África e pelo que lá se faz.

Junta-se agora uma razão extra para o referir.
É que, entre os muitos textos lá disponíveis, podem agora encontrar também (com muito prazer e honra da minha parte) o meu artigo "Ser Curandeiro em Moçambique: uma vocação imposta?", que passa assim a estar disponível on-line.

Mas preparem-se para gastar um tempinho por lá. O cardápio é, de facto, tentador.

(na foto, o lindíssimo sorriso de D. Isaura)

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Bola, epistemologias pós-coloniais e outros rebéubeús pardais ao ninho

(diz que hoje há Portugal X Brasil)

35 anos

Parabéns, Moçambique!

Boa sorte, moçambicanos!

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Se os golos são como o ketchup, a tradução gestual é como a Savora. Toda a palavra de ordem melhora!

video

Alguém me sabe dizer se a Vieira da Silva pintou touradas?

É que o peculiar ex-ministro Manuel Pinho vai presidir, por indicação do governo, à Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva.

Parece que é por ser o feliz proprietário de uma aguarela da artista.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Profissão e Vocação

Este livro, que reúne 11 ensaios sobre o tema e que foi organizado por Ana Delicado, Vera Borges e Steffen Dix, será lançado amanhã às 18h 30m, na livraria Ler Devagar, em Alcântara.

Cabe a honra da apresentação a Cristiana Bastos, a Manuel Valente Alves, a Rui Toscano e a este vosso amigo blogueiro.

Penso que vai dar uma boa conversa.
Apareçam.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

domingo, 13 de junho de 2010

3.12.1944 / 13.6.1984

Assim se vê a força da TV!

Alfama, noite de Stº António.

Numa mesa onde depenicam a sua sardinha um líder de grupo parlamentar e um deputado muito interventivo, quem vai passando chama é a atenção dos amigos para a presença de um dos comentadores dum canal televisivo por cabo.

sábado, 12 de junho de 2010

Amor filial, ou falta de oftalmologista?



- Ó pai: como é que se chama mesmo esse senhor na tua T-shirt?
- Corto Maltese.
- É muito parecido contigo. Só que tu és mais bonito.

Atão e vocês sabiam que há umas vuvuzelas assim com uns buraquinhos, umas cenas para carregar e uma caninha que faz tremer o lábio?

Receita popular para arranjar marido


Compre uma estatueta pequenina de Sto. António.

Sozinha em casa, apele para a ajuda do santinho (as palavras da reza não são muito importantes, pois o pobre homem já sabe o que o espera) e coloque a estatueta de cabeça para baixo, dentro de um copo escondido no seu armário.

Se ao fim de um mês não se verificarem mudanças significativas (ou seja, se o santo se está a armar em esquisito), ponha água no copo, de forma a que a cabeça dele fique debaixo de água.

Quando algum garboso representante do género masculino a pedir em casamento, retire a estatueta do copo, limpe-a cuidadosamente, ponha-a direita e agradeça.


A percentagem de sucesso desta receita é muito elevada.
Afinal, se uma mulher está suficientemente motivada e empenhada para fazer isto tudo, dificilmente deixará de conseguir os seus intentos.

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Força, Miguel!

Para além de valer muito a pena ouvir, foi para mim um enorme prazer rever o Miguel quase em forma.

Justos entre os Judeus

Na memória judaica do Holocausto, são homenageados os "Justos entre as Nações", pessoas não judias que auxiliaram judeus a escaparem ao extermínio nazi.

Daqui lanço a minha homenagem aos "Justos entre os Judeus" destes tempos de sionismo e de bloqueio a Gaza.

Como o senhor da foto (subtraída daqui), ou os organizadores da iniciativa "Um barco judaico para Gaza", hoje anunciada.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

O "Dia da Raça", tal como o Natal, começa a comemorar-se de véspera

Já chegou o 10 de Junho,
juntam-se os "apertócinto"
a banquetear-se na praça.

"Encosta o teu copo ao meu,
come a lagosta e chora,
que nunca são para nós
as ameaças de penhora."


Que ao menos vos faça bom proveito, o banquete desta noite em Faro.

terça-feira, 8 de junho de 2010

Inesperada notícia, em grande destaque no telejornal da manhã


"Carlos Queiros não quer que os jogadores se lesionem"

Para o que lhe havia de dar...

domingo, 6 de junho de 2010

Portugal é um país católico?

Procissão em Lisboa, hoje à tarde.

Citações de café (25)

«Naquelas lojas de construção civil em que um gajo tinha de esperar meia hora para chegar a vez de ser atendido, agora admiram-se quando eu pago a pronto meia dúzia de sacas de cimento ou de latas de tinta...»

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Vale a pena ler...

... este post do Nuno Ramos de Almeida.

Semi-conversa inovadora

O staff de Manuel Alegre parece estar atento ao que corre nos blogs.

Na entrevista televisiva desta noite, o candidato mencionou uma questão fulcral das possíveis respostas alternativas às crises orçamentais, que até agora só tenho ouvido na boca de Carvalho da Silva, designadamente na entrevista linkada neste post (também postado no 5 Dias):

Os bancos e especuladores financeiros que pressionam alguns governos europeus "gastadores" terem sido financiados a 1% de juros pelo Banco Central Europeu, para emprestarem dinheiro a esses governos com 6% de juros.

O facto de Manuel Alegre não ter sido capaz de retirar daí nenhuma conclusão ou consequência política, remetendo-se a um apoio envergonhado e vagamente crítico ao PEC e similares, demonstra essa capacidade de prospeção e mimese do seu staff. E que ele não sabe o que raio fazer com esse dado que lhe puseram no colo.

Como até sou bom rapaz, irei afixar aqui uma série de posts sobre isso. Assim à primeira vista, três - para a coisa não ficar indigesta. Mas não se preocupem; não sou economista, pelo que o resultado será, em princípio, legível.

Temo é que, se o tal staff continuar atento, isso faça com que o Alegre candidato não volte a aflorar o assunto.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Hoje

Pelo que aqui ficou escrito, vou obviamente lá estar.

Um leitor da Palestina

Em Jenin e para ler este post.


Confesso que fiquei um bocado emocionado.